Você está em: Home / Município / História
A+ A- texto
normal

História

Page_text_3451e641db5bc94d436054270c072ee0

O município de Machadinho, situado na região nordeste do Estado do Rio Grande do Sul, possui uma área territorial inferior a 334,5 Km². Sua altitude em relação ao nível do mar é de 757 m e sua distância à capital gaúcha é de 400Km. A população hoje é de aproximadamente 5.000 habitantes.

A nossa história remonta ao ano de 1893 quando o Rio Grande vivia convulsionado pela revolução e o capitão Gomercindo Saraiva, com suas legiões, veio transpor o rio Uruguai. Desse modo, o Capitão Gomercindo Saraiva estava pondo os pés e abrigando-se no solo Machadinhense. Pelas picadas abertas por Gomercindo Saraiva, começaram a chegar os primeiros moradores, dentre eles o Sr. Manoel Machado de Campos, em 1901. Deste, vem a origem do nome de nosso município, sendo o mesmo, homem popular e de bondade, de baixa estatura, apelidado pelos amigos de “Machadinho”.

O município foi criado pela Lei Estadual nº 3.716, de 16 de fevereiro de 1959, desmembrando-se de Lagoa vermelha, sendo a data de emancipação política 28 de maio de 1959.

Com atividades basicamente primárias, possui a economia embasada na agropecuária, destacando-se a soja, o milho, o trigo, o feijão, a erva mate, os citros dentre os produtos agrícolas e na pecuária os bovinos de corte e leite.

A colonização é predominantemente italiana encontrando-se também descendentes de poloneses e alemães. Alguns traços culturais são as típicas canções e festas religiosas sendo a principal delas, a Padroeira Nossa Senhora do Rosário destacando-se também pela Romaria Nossa Senhora da Salete. Outras manifestações culturais são os rodeios, torneios de laço, eventos sociais como o baile do município com a escolha da rainha do município e o baile da Integração dos Clubes de Mães. Também, muito significativo são as práticas de jogos esportivos como futebol de campo e salão, vôlei, bocha e bolão.

O município de Machadinho possui rede escolar distribuída pelo meio rural e sede. São cinco escolas estaduais, totalizando 780 alunos. A Escola Estadual da Sede oferece Ensino Fundamental e Médio e as demais da rede Estadual, Ensino Fundamental.

A Rede Municipal de Ensino conta com três escolas, com um total de 420 alunos, distribuídos na Educação Infantil e Ensino Fundamental.

O município oferece também classes de alfabetização de adultos, num convênio com o Governo Estadual, no Programa alfabetiza Rio Grande. As classes são em número de cinco, sendo três na sede do município e duas no meio rural. É grande preocupação da Administração Municipal o problema do analfabetismo, tendo como meta a erradicação do mesmo. Preocupados, da mesma forma com a formação profissional de seus munícipios e com a qualidade da educação, proporciona formação periódica a seus professores através de cursos e oportuniza transporte para três universidades da região: URI, UNOESC e FACIPAL. Outro projeto em educação é a oferta do Programa de Preparação para Exames Supletivos, cuja demanda no município é significativa.

Na área cultural destacam-se ainda os festivais municipais, regionais e algumas vezes interestaduais de Teatro, Danças, Arte e Cultura.

O município, atualmente está buscando novas alternativas de desenvolvimento através do turismo, ecoturismo e turismo de negócios, com a construção de uma parque aquático já em funcionamento, da exploração de trilhas que levam à cachoeiras e da Festchêmate - Feira de Indústria, Comércio e Agropecuária.

Além de atividades turísticas, o município vem buscando alternativas para a instalação de indústrias que venham gerar renda e emprego, já que a mão-de-obra Machadinhense está sendo aproveitada em outros municípios do Estado do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Este ano foi criado o FUNDEM – Fundo de Desenvolvimento Industrial, Comercial e Agropecuário de Machadinho, com o intuito de incentivar e fortalecer os empreendimentos locais.

 

CRONOLOGIA HISTÓRICA DE MACHADINHO

 

1893- Época de Revolução. Combate entre tropas de Gomercindo Saraiva e Santos Filho.

 

1901- Chegada dos primeiros moradores: Família Gomes e Manoel Machado de Campos.

 

1916- Frei Germano reza, na linha Coqueiro a 1ª missa. Início de nossa história religiosa.

 

1920- Vinda do 1º professor, Valério Vieira do Prado. 1926- Criado o Cartório de Registro Civil. Machadinho torna-se Distrito.

 

1931- Rezada a 1ª missa na vila de Machadinho, na nova igreja de madeira.

 

1940- Criação da Sociedade Cultural: Esporte Clube União.

 

1944- Posse do 1º vigário na paróquia Nossa Senhora do Rosário.

 

1946- Cepo Mestre da construção do colégio Divino Espírito Santo.

 

1949- Lançada a Pedra Fundamental da construção do hospital São Francisco de Assis.

 

1956- Chega a Machadinho a luz elétrica.

 

1959- Emancipação Política de Machadinho- 28 de maio.

 

1960- Inauguração do Grupo Escolar Madre Maria Avosani.

 

1962- Criado o Colégio Estadual Castro Alves e vinda do BANRISUL. 

 

1964- Inauguração da igreja nova do Município de Machadinho.

 

1972- Instalado o abastecimento de água através da CORSAN.

 

1975- Criado em Machadinho o Ensino de 2º Grau.

 

1977- Vinda do Posto Telefônico, instalada a ASCAR, hoje EMATER e CAMOL.

 

1982- Construção da nova Prefeitura Municipal e instalação do Banco do Brasil.

 

1991- Inauguração do Parque de Exposições Alcides Mendes de Araujo.

 

1994- Criação da APROMATE.

 

1997- Início das negociações da UHE Machadinho. VIII Festival Gaúcho de Teatro Amador Inauguração da Ervateira Cambona

 

1998- Encontrado Sítios Arqueológicos em Machadinho.

 

2000- Início da RS 478, ligando Machadinho a Maximiliano de Almeida.

 

1ª FESTCHÊMATE 2001- Início do processo de construção do Poço do Parque Aquático de Àguas Termais. 60 anos de história do S.E.R.C União Abertura das comportas da UHE Machadinho

 

2002- 2ª FESTCHÊMATE Inauguração do Asfalto

 

2003- Início do Parque de Àguas Termais Implantação da Pastoral da Criança

 

2004- Inauguração das Thermas Machadinho Instalação da AMECS.

 

2005- 3º FESTCHÊMATE.